Educação – Brasil Certo
Logo Brasil Certo
Vamos conectar mulheres de bem
para resolver os problemas da cidade de forma criativa e prática?
Logo Brasil Certo

Você sabe como funciona a divisão entre os três Poderes da República?

Você sabe como funciona a divisão entre os três Poderes da República?

Editoria: Educação

No Brasil, o poder é dividido em Executivo, Legislativo e Judiciário, sendo que um fiscaliza a atuação do outro. De dois em dois anos você precisa ir às urnas para escolher representantes para comandarem a nação. São eleições para prefeitos e vereadores ou para deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidente da República, eleitos...

No Brasil, o poder é dividido em Executivo, Legislativo e Judiciário, sendo que um fiscaliza a atuação do outro.

De dois em dois anos você precisa ir às urnas para escolher representantes para comandarem a nação. São eleições para prefeitos e vereadores ou para deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidente da República, eleitos para mandatos de quatro anos.  Mas você realmente sabe por que isso acontece e quais são os papéis de cada um desses cargos? Continue a leitura que o Brasil Certo lhe explica.

O Brasil é uma República Federativa, uma forma de governo na qual o povo é soberano, governando o Estado por meio de representantes escolhidos pelo voto. Em uma república, o poder é divido em três órgãos distintos, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário. Cada um tem suas funções definidas e fiscaliza a atuação do outro.

A divisão do poder em três órgãos foi criada pelo filósofo francês Charles de Montesquieu em seu livro “O Espírito das Leis”. É o chamado sistema de freios e contrapesos. Em sua teoria, os poderes são independentes entre si, mas suas atribuições se inter-relacionam, servindo de freios e contrapesos para que nenhum deles domine totalmente uma esfera de poder, e, assim, a democracia seja garantida. Esse sistema ocorre com funções distintas e não hierárquicas, tornando os três órgãos harmônicos, ao funcionarem em conjunto, e independentes para cumprirem seus papéis.

Como funciona na prática?

Executivo: O Poder Executivo, como já diz o nome, é aquele que executa as leis criadas pelo Poder Legislativo. Ele é representado pelo presidente da República no governo federal, pelos governadores nos estados e no Distrito Federal e pelos prefeitos nos municípios. Suas funções são administrar interesses do povo, governar segundo o interesse público, tornar as leis  efetivas, dividir, entre os três níveis de governo (municipal, estadual e federal), a gestão de saúde, educaçãosegurança, entre outras. 

Legislativo: Todos os nossos direitos, como o direito à saúde, à educação, à moradia digna e ao voto e todas as nossas liberdades individuais são definidos por leis. E quem cria essas leis? O Poder Legislativo. Entre outras atribuições, cabe a ele transformar as demandas da sociedade em normativos e fiscalizar o Poder Executivo. O Legislativo é representado por vereadores nos municípios, deputados estaduais nos estados e deputados federais e senadores no país. Todos eleitos pelo povo.

Praticamente todas as propostas feitas pelo presidente, pelos governadores ou pelos prefeitos precisam ser aprovadas pelo Legislativo. Por isso, é importante que os poderes atuem de forma independente e harmônica, devendo se equilibrar e se fiscalizar nos níveis federal, estadual e municipal.

Judiciário: O Poder Judiciário tem a função de garantir os direitos individuais, promover a justiça e resolver conflitos que surgem na vida em sociedade. Ele deve interpretar as leis que são criadas pelo Legislativo e colocadas em prática pelo Executivo, julgando os cidadãos que não as cumprem.

O Poder Judiciário está dividido em diversos órgãos hierarquicamente organizados. O mais alto nível consiste no Supremo Tribunal Federal (STF) órgão onde são tomadas decisões que afetam diretamente a vida do povo brasileiro, como aborto e legalização de drogas. Abaixo do STF estão o Superior Tribunal de Justiça (STJ), os juízes e tribunais regionais federais, os juízes e tribunais militares e os juízes e tribunais dos estados, do distrito federal e dos territórios.  

Cursos gratuitos

Quer saber mais sobre os Poderes da República e outros aspectos do nosso governo de forma prática e simples, em vídeos que não passam de cinco minutos? Faça os cursos gratuitos do Brasil Certo. São mais de 50 opções que vão mostrar como participar da política de forma responsável, defender seus direitos, fiscalizar recursos públicos, mobilizar sua comunidade, se comunicar de forma eficaz nas redes sociais e muito mais! 

Entre as trilhas de conhecimento oferecidas pelo Brasil Certo estão Democracia Responsável, Governança Competente, Combate à Corrupção e Comunicação e Marketing Digital. Clique aqui e conheça todos os cursos do Brasil Certo.