Brasil Forte – Brasil Certo
Logo Brasil Certo
Vamos conectar mulheres de bem
para resolver os problemas da cidade de forma criativa e prática?
Logo Brasil Certo

Amar o Brasil é conhecer seus símbolos e tradições

Forças Armadas: papel e importância para o Brasil

Editoria: Brasil Forte

Defensor das Forças Armadas, o Brasil Certo explica a função e a missão de Exército, Marinha e Aeronáutica para o país Você sabia que o Exército Brasileiro esteve presente e desempenhou um importante papel na Segunda Guerra Mundial? Em 1944, cerca de 25 mil Pracinhas, soldados da Força Expedicionária Brasileira (FEB), foram enviados para se...

Defensor das Forças Armadas, o Brasil Certo explica a função e a missão de Exército, Marinha e Aeronáutica para o país

Você sabia que o Exército Brasileiro esteve presente e desempenhou um importante papel na Segunda Guerra Mundial? Em 1944, cerca de 25 mil Pracinhas, soldados da Força Expedicionária Brasileira (FEB), foram enviados para se juntar aos Aliados na Campanha da Itália, e saíram vitoriosos do desafio, marcando na história o nome do Exército Brasileiro.

O heroísmo dos Pracinhas serviu para mostrar a importância das Forças Armadas Brasileiras para a Nação. Mas você sabe qual é a função de cada uma das forças? Continua a leitura que o Brasil Certo vai explicar.

A Constituição Federal de 1988 estabelece que as Forças Armadas estão inseridas no sistema institucional adotado pela República Federativa Brasileira – a Democracia. Esse sistema militar possui três finalidades: defender a Pátriadefender Poderes Constituídos (Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário); e, por iniciativa de quaisquer destes Poderes, garantir a lei e a ordem.

As Forças Armadas são constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, sendo classificadas como instituições nacionais, permanentes e regulares. Além disso, são organizadas com base na hierarquia e disciplina.

A Marinha possui como missão principal garantir a defesa da pátria, exercendo também a função de guarda costeira e trazendo segurança na navegação tanto interna quanto externa. Como o Brasil é um país de extensa área aquática, tendo uma fronteira com mais de 8.500km, é nítida a importância desses serviços para nossa segurança.

O Exército, por sua vez, é responsável, no plano externo, pela defesa do país em operações eminentemente terrestres. No plano interno, é encarregado da garantia da lei, da ordem e dos poderes constitucionais. É um braço extremamente importante das Forças Armadas, pois tem o poder de proteger o Brasil contra ataques de outros países e de evitar que catástrofes maiores aconteçam. As missões realizadas pelo Exército mantêm o controle social e a harmonia dentro do país.

Enquanto o Exército se incumbe da defesa em território terrestre e a Marinha das águas, a Aeronáutica tem como principal função garantir a segurança da navegação aérea. Com isso, inibem o uso dos céus para fins ilícitos e cooperam com outros órgãos na repressão a crimes e delitos que envolvam o espaço aéreo.

As Forças Armadas são fundamentais para manter o Brasil no caminho certo. Elas garantem que o país seja uma nação em harmonia, que busca a promoção da paz em cada canto do seu imenso território.

Amar o Brasil é conhecer seus símbolos e tradições

Editoria: Brasil Forte

O Brasil Certo te explica quais são e o que representam os principais símbolos do nosso país

O Brasil Certo te explica quais são e o que representam os principais símbolos do nosso país

O Brasil Certo tem como missão trabalhar pelo Brasil e pelos brasileiros. Um país que valoriza suas tradições e exalta seus símbolos fortalece sua Constituição e respeita sua história e suas conquistas. Os quatro símbolos que serão apresentados pelo Brasil Certo neste texto representam o Brasil e sua identidade frente ao mundo, exaltando seus valores positivos. São eles: a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as Armas Nacionais (ou Brasão Nacional) e o Selo Nacional.

Esses símbolos também estão ligados aos fundamentos constitucionais: a soberania, a cidadania, a dignidade, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político.

Falar sobre símbolos nacionais é coisa séria. Existem até mesmo leis que regulamentam as formas pelas quais eles devem ser representados. A Lei nº 5.700, de 1971, padroniza e define as dimensões, os padrões e as cores dos símbolos. Já a Lei nº 12.472, de 2011, inclui o seu estudo como tema transversal do ensino fundamental. Ou seja, o assunto deve ser abordado dentro das disciplinas já existentes nas escolas, e não como uma matéria independente.

Bandeira Nacional

Bandeira Nacional do Brasil

A bandeira nacional foi inspirada na bandeira do Império Brasileiro. A cor verde representa a Casa de Bragança, da família real portuguesa, e a cor amarela representa os Habsburgos, a família da imperatriz Leopoldina. Além disso, as cores remetem às riquezas do país: o verde das matas e florestas, o amarelo das riquezas minerais, o azul do céu e o branco da paz.

O lema “Ordem e Progresso” é inspirado na filosofia positivista. Os 26 estados e o Distrito Federal estão indicados na bandeira por meio de estrelas. E até a disposição das estrelas não é aleatória: avoca a constelação Cruzeiro do Sul no Rio de Janeiro no dia 15 de novembro de 1889, data da Proclamação da República do Brasil. O Dia da Bandeira, por sua vez, é celebrado no dia 19 de novembro.

De acordo com a Constituição Federal, a bandeira nacional deve ser hasteada diariamente no Congresso Nacional, nos Palácios do Planalto e da Alvorada, nas sedes dos ministérios, nos tribunais superiores, no Tribunal de Contas da União, nas sedes dos governos estaduais, nas assembleias legislativas, nos tribunais de Justiça, nas prefeituras e câmaras de vereadores, nas repartições públicas próximas da fronteira, nos navios mercantes e nas embaixadas. Nas escolas públicas ou particulares, é obrigatório o hasteamento da bandeira nacional, durante o ano letivo, pelo menos uma vez por semana.

Armas Nacionais

Armas Nacionais ou Brasão Nacional

A honra e a nobreza do Brasil são representadas pelas Armas Nacionais ou pelo Brasão Nacional, que aludem à glória. O uso do símbolo é obrigatório nos edifícios dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e pelas Forças Armadas. Também estão presentes em todos os prédios públicos, como lembrança das características da República Federativa.

O brasão é um escudo azul, apoiado sobre uma estrela de cinco pontas, disposta na forma da constelação Cruzeiro do Sul, com uma espada em riste. Ao seu redor, está uma coroa formada por um ramo de café frutificado e outro de fumo florido sobre um resplendor de ouro. O símbolo traz inscrita, ainda, a data da proclamação da República, 15 de novembro de 1889.

Selo Nacional

Selo Nacional

O Selo Nacional baseia-se na esfera da Bandeira Nacional, sendo constituído por um círculo envolto pelas palavras “República Federativa do Brasil”. Ele é usado para autenticar documentos oficiais, atos de governo, diplomas e certificados expedidos por escolas oficiais ou reconhecidas.

Hino Nacional

O belíssimo Hino Nacional foi musicalizado por Francisco Manoel da Silva e escrito por Joaquim Osório Duque Estrada. Ele celebra a Independência do Brasil, em 1822. Cem anos depois, durante as comemorações da independência, ele se tornou oficialmente o Hino Nacional. Ele é cantado em solenidades e eventos oficiais do governo e em aberturas de eventos cívicos, patrióticos, culturais, esportivos, escolares e religiosos, além de ser reproduzido durante o ritual de hasteamento da Bandeira Nacional.

A canção deve ser entoada pelo menos uma vez por semana nas escolas públicas e particulares de todo país, além da ocasião do hasteamento da bandeira. O Dia do Hino Nacional é comemorado em 13 de abril.

“Como patriotas que somos, devemos valorizar nossas tradições e conquistas e devemos exaltar nossos símbolos e nossos heróis. Por isso, devemos conhecê-los. Nós, do Brasil Certo, movimento feminino que defende o Brasil, temos o compromisso de levar o conhecimento sobre nossa nação a mais pessoas, como forma criar uma geração que é apaixonada por seu país e que se coloca como protagonista na construção de um Brasil Certo”, destaca a senadora Soraya Thronicke (PSL/MS), líder do Brasil Certo e presidente do PSL Mulher.

Hino Nacional - letra PDF 18.2 Kb

Hino Nacional - MP3 3.2 Mb